fbpx

A questões estruturais de nossa sociedade determinam a forma em que as pessoas adoecem e morrem. O professor mostra que as desigualdades econômicas-sociais, de gênero e de raça/cor/etnia são estruturantes em nossa sociedade e que as mulheres negras são as maiores vítimas. Os direitos das mulheres negras e pobres são negados nos serviços de saúde públicos e privados. O professor mostra também como incluir a interseccionalidade de gênero, classe e raça/cor no seu trabalho de conclusão de curso (TCC), monografia, dissertação e tese.

Detalhes do Conteúdo
Instrutor
Formas de Pagamento

Contém uma vídeo aula (de aproximadamente 27 minutos), disponível por 7 dias a partir do momento da compra.

Luís Eduardo Batista, doutor em Sociologia pela UNESP-Araraquara. Pesquisador do Instituto de Saúde da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo.

À vista no boleto ou em até 18x no cartão de crédito

Outros cursos recomendados para você: